Entenda por que medir e monitorar o tanque de combustível do seu posto

blog image

Entenda por que medir e monitorar o tanque de combustível do seu posto

Muitos donos de postos de combustível ainda têm dúvidas se realmente vale a pena investir na medição e no monitoramento do tanque de combustível. Muitas vezes ignoram que esse sistema é muito importante para garantir a eficiência operacional do estabelecimento. A partir do momento que você começa a medir e monitorar o tanque, automaticamente, passa a ter mais controle da operação, incluindo a gestão de estoque e a redução de riscos de contaminação ao meio ambiente.

E preocupar-se com o meio ambiente não é importante simplesmente para ficar em dia com a fiscalização ambiental. Um posto que tenha rumores de contaminação acaba sendo boicotado pela própria população do entorno, o que, sem dúvida, traz um importante dano para a imagem e também para a lucratividade.

O assunto é tão sério que o estado de Santa Catarina tornou obrigatório os postos de combustível medirem e monitorarem os tanques, já que essa também é ótima medida adotada  para coibir a sonegação de impostos e aumentar a segurança das informações enviadas à Receita Federal.

Controle de combustível: automatize o processo

O Medidor Volumétrico de Combustível (MVC) utiliza a base da tecnologia já existente dos  Sistemas de Medição e Monitoramento Ambiental (equipamento que possibilita a medição automática dos volumes dos tanques, além do monitoramento dos sensores ambientais), acrescido de elementos que trazem segurança para o armazenamento e transmissão dos alarmes de vazamentos e dos dados das movimentações de combustíveis nos postos.

O estado de Santa Catarina foi pioneiro na obrigatoriedade da instalação de MVCs nos postos e a previsão é que, em breve, outros estados também passem a utilizar esse equipamento.

Para que você possa se planejar com antecedência a respeito desse assunto é importante entender mais profundamente como o MVC funciona.

Confira suas principais funcionalidades:

Módulo de Controle e Medição (MCM): módulo que realiza as funções de controle, medição e sensoriamento previstos para o MVC, sendo responsável pela leitura do volume de combustível dos compartimentos, dos sensores ambientais, dos dispositivos associados e do concentrador ou das unidades de abastecimento.

Módulo Único Seguro (MUS): módulo que contém os componentes que garantem a inviolabilidade e segurança do recebimento, armazenamento e, quando requerido, o envio de informações para a SEF/SC.

Conheça os tipos de equipamentos que podem ser utilizados:

Medidor Volumétrico de Combustíveis Compacto (MVCC): equipamento que reúne em um único gabinete as funções primárias de medição, monitoramento ambiental e de transmissão de dados, possuindo módulos distintos denominados Módulo de Controle e Medição (MCM) e Módulo Único Seguro (MUS).

Medidor Volumétrico de Combustíveis Dual (MVCD): equipamento que reúne em gabinetes distintos o Módulo de Controle e Medição (MCM), com as funções primárias de medição e monitoramento ambiental, e o Módulo Único Seguro (MUS), com a função de transmissão de dados.

Mesmo que no seu estado ainda não seja obrigatória a instalação do MVC, aproveite para se planejar e obter mais informações sobre esse equipamento. Com certeza, ele ajudará a ter mais eficiência na gestão de riscos e na melhora da operação dos eu posto como um todo.